quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Quais são as propostas a favor da pessoa idosa - destaque para mobilidade e acessibilidade com segurança

Políticas públicas para os idosos - Utilidade Pública - Bloco [1/3]





Publicado em 29 de jul de 2015

ONU pede inclusão e políticas públicas para os idosos







Publicado em 9 de out de 2015
Um novo relatório foi divulgado pela Organização Mundial de Saúde para o Dia Internacional das Pessoas Idosas. Com os avanços da medicina, que vêm ajudando a população a viver por mais tempo, se espera que o número de pessoas com mais de 60 anos de idade duplique até 2050. A OMS alerta, no entanto, que o fato de as pessoas viverem por mais tempo não significa necessariamente que elas estão mais saudáveis. Assista nesta matéria e saiba mais em http://bit.ly/1L3Lb6E

Dr. Drauzio Varella faz palestra e fala sobre qualidade de vida

]



Enviado em 3 de nov de 2011
Ponto de Cultura

Entrevista - Qualidade de Vida dos Idosos





Publicado em 12 de mai de 2016
A Organização Mundial da Saúde estima que em 2050 a população idosa irá dobrar, e para falar sobre qualidade de vida, o Programa Entrevista recebe a professora Suzi Rosa Miziara. Acompanhe!
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

Laboratório de envelhecimento, cidade do RS se torna 'amiga do idoso'







Publicado em 8 de ago de 2016
Encravado nas serras gaúchas, Veranópolis será o primeiro o município do país a entrar no seleto clube mundial de 320 cidades tidas oficialmente como "amigas dos idosos" pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Há 22 anos, o local se tornou um laboratório do envelhecimento. Na época, tinha a maior expectativa de vida ao nascer (77,7 anos), uma década a mais do que no resto do Brasil (que era 67,7 anos e agora chegou aos 75 anos).

Desde então, os idosos da "terra da longevidade", como é conhecida, foram objetos de estudo de 25 dissertações de mestrado, 11 teses de doutorado, 19 artigos científicos e mais de 50 trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais.

Reportagem: Cláudia Collucci

Fotografia: Zanone Fraissat

Edição: Diego Arvate

Leia mais: http://www1.folha.uol.com.br/equilibr...

JC Debate | Velho. E daí? | 28/09/2016







Publicado em 28 de set de 2016
Início da série “Velho. E Daí?”, dedicada aos desafios do envelhecimento. No Brasil, o rápido envelhecimento da população está associado à queda nas taxas de natalidade e mortalidade (IBGE).

De acordo com o Relatório Mundial de Saúde e Envelhecimento, divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) há um ano, no dia 1º. de Outubro de 2015, véspera do Dia Internacional e Nacional do Idoso, o número de pessoas com mais de 60 anos no Brasil deverá crescer muito mais rápido do que a média internacional. Enquanto a quantidade de idosos vai duplicar no mundo até o ano de 2050, ela quase triplicará no Brasil.
Em 2015, a população brasileira superou a marca dos 204 milhões de habitantes. Aqueles que têm mais de 60 anos – idosos, segundo o critério da OMS – já somam 25 milhões, isto é, 13% da população. Quando a metade do século chegar, serão 30%.
Atualmente, a expectativa de vida do brasileiro é de 70 anos. Em 2050 será próxima de OITENTA anos, em média.

No primeiro programa da série “Velho. E daí?”, a mudança no perfil do idoso no Brasil como consequência da expectativa de vida prolongada. Quem era e quem é o idoso?

CONVIDADOS:

1 - SILVANA TÓTORA – cientista social e professora da PUC-SP
É professora do programa de Estudos Pós-graduados em Gerontologia da PUC-SP. Autora do livro Velhice: uma estética da existência.

2 – ALEXANDRE HECKER – historiador e professor da UNESP e da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
É autor do livro Uma História da Longevidade (2014).

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Jornal da Gazeta - Muitos idosos caem dentro de casa e se machucam (03/0...

]





Publicado em 3 de jun de 2014
Estatística do Corpo de Bombeiros de São Paulo mostra que por ano cerca de 120 mil idosos sofrem queda dentro de casa. Os incidentes correspondem a quase metade das hospitalizações por traumas. Hoje, nossa equipe acompanhou um destes resgates feitos diariamente na capital.

Repórter: Vinicius Marra

Pulseiras de Teleassistência da Secretaria de Saúde já são usadas por 90 idosos

Pulseiras de Teleassistência da Secretaria de Saúde já são usadas por 90 idosos: Uma pulseira no pulso com um simples botão. Basta apertá-lo e o idoso que está sozinho em casa e em apuros consegue avisar os familiares e pedir ajuda ao mesmo tempo. Essa simples tecnologia chamada de Sistema de Teleassistência ao Idoso está à disposição de 90 pessoas com mais de 60 anos de São Leopoldo desde fevereiro deste ano por meio da rede municipal de saúde.

 

De acordo com a diretora da Atenç